quinta-feira, agosto 18, 2005

Os Olhos, o Prazer e o Pequeno Instante

Em um momento em que te fito os olhos,
Já me perco em pensamento solto,
E repouso frouxo, por um instante
Em minha solidão eterna e nua.

No momento em que meus lábios te tocam,
Me faço eterno e por inteiro.
Viajo o meu bater o peito, forte,
E o ar que me entra e sai com força
Da emoção que me embriaga!

No instante em que teu corpo eu possuo,
Me faço eterno em ritual sagrado,
Repetido por todas as eras,

E, fitando teus olhos, beijando tua boca,
Adentrando tua carne, por completo,
Morro por um singelo instante,
Quando perpetuando o melhor que há em mim,
Explodo em prazer em ti!
...
Te embalo em gozo sem juízo...
... te transformo de menina em mulher
Que, no simples momento de um bailar frenético,
Se faz eternamente minha, na doce lembrança
Que habitará para sempre em meu coração!


Jorge Alberto Neves*
16/08/2005 - 11:37:38


*obra protegida por copyright

10 comentários:

Anônimo disse...

Olá amigo!

O que dizer de mais esse poema seu?

Perfeito, tal como os outros!
O que está esperando para publicá-los?

Parabéns!

Suas palavras expressam exatamente o que desejamos dizer a pessoa que amamos!

Beijos mil

Déia.

Nanda disse...

Oi Jorge.....

Muito lindo!! Posso copiar? ...rs, rs, rs.
Parabéns por esse dom.
Beijos....

al-Farrob disse...

Belo!

Bridda disse...

Olá menino!
Admiro o seu trabalho, admiro os sentimentos que você consegue externar em poema e prosa que muitas vezes temos e não conseguimos. Admiro você, um ser humano lindo, pois alguém que consegue ter a sensibilidade de traduzir sentimentos em palavras, formando poemas e prosa de forma sigela e verdadeira como você
faz, só pode ser uma pessoa linda.
Essa sua amiga te parabeniza mais uma vez.
Beijos amigo,
Bridda.

Bridda disse...

Olá menino!
Admiro o seu trabalho, admiro os sentimentos que você consegue externar em poema e prosa que muitas vezes temos e não conseguimos. Admiro você, um ser humano lindo, pois alguém que consegue ter a sensibilidade de traduzir sentimentos em palavras, formando poemas e prosa de forma singela e verdadeira como você
faz, só pode ser uma pessoa linda.
Essa sua amiga te parabeniza mais uma vez.
Beijos amigo,
Bridda.

Anônimo disse...

show..amei..
profundo
intenso
....beijos...
darksize

Flora disse...

Cada poesia que você escreve, fica muito mais bela do que a anterior.

Parabéns !!!

Quando publicar em um livro, avisa

Beijão

Flora :))

Anônimo disse...

Muito bom ler suas poesias, dentre várias esta foi a que me tocou. Parabéns pelos sentimentos versados em palavras. Ariadne

Anônimo disse...

Ola Jorge!!!
Hoje posso dizer que li todos os seus poemas!!!
São todos lindos, todos profundos, cada um deles me toca.
Parabéns, adorei todos, mas esse em especial!
Beijos Kelly

samira disse...

tão profundo qto o ato descrito, muito linda sua poesia, bjos