sábado, outubro 01, 2005

Enamorados

O Amor e o Desejo me atormentam a Alma
No momento em que um me abandona
E o outro insiste em me escravizar!

E, na angústia da batalha há muito perdida,
Já nada mais espero senão as lágrimas
Dos amantes de coração partido
Confundindo a Paixão tão intensa e desmedida,
Com a doçura de juras eternas e inocentes
Pronunciadas pelos enamorados à luz da Lua!


Jorge Alberto Neves*
23/09/2005 - 12:11:09


*obra protegida por copyright

3 comentários:

Anônimo disse...

O amor me atormenta a Alma
.....suas palavras são profundas
eternas...
amei...
darkside!!

samira disse...

vc descreveu todo o sentimento que confunde amor e paixão, está perfeito, adorei seu blog e suas palavras, bejos

Anônimo disse...

Às vezes confundimos um pouco os dois sentimentos, só quando os conhecemos verdadeiramente é que sabemos distinguí-los. Mas os dois sempre tem que andar juntos...
Adorei! Parabéns, suas palavras sempre me tocam.
Beijos
Déia