sábado, maio 28, 2005

Tempo Ocioso

I

No tempo que passa
Dos minutos que espero,
Navego meus mundos perfeitos
Pensando encontrar grande coisa!

No vazio que se fez,
Encontro um nada em mim mesmo!
Estou tão vazio,
Tão sozinho e tão distante,
Que já nada encontro,
A não ser um rosto alheio
Olhando para mim em um espelho!

Quem me dera encontrasse um amigo!
Como confortaria a doce palavra,
De um olá qualquer...!
Mas eis que eu, tão mortalmente ocioso,
E já há muito longínqüo,
Me perco em versos tristes
Enquanto os minutos passam e
Não os vivo!


II

Ainda agora, me veio uma vontade,
Daquelas que nos anima o peito
E nos enche de orgulho!

A vivi em intenso e frenético segundo
Que, depois, foi seguido,
Pela dor de um nada ter realizado!

Meu coração não tão novo e dolorido,
Carente em sua ânsia de a tudo amar,
Faltou ao dever de desejar
Aquela vontade incontida!

Nada fez e nada se produziu!
Jaz, agora, a vontade morta
Entre escombros de mágoa,
Junto a moribundos bens-me quer de alguem!

Sorri em seu momento último!
Vai-se embora pois da vida
Só a mágoa, com doçura, lhe visitou...!


Jorge Alberto Neves*
27/05/2005 - 17:29:54


*obra protgida por copyright

7 comentários:

Sem Manual disse...

Jorginho, tudo aqui está sensacional!


A sua frase:
"Sorri em seu momento último!
Vai-se embora pois da vida
Só a mágoa, com doçura, lhe visitou...!"

representa bem meu momento agora...O BLOG Extremamente Pessoal deixou de existir assim como o amor que o movimentava....

BLOG novo, numa tentativa de recomeçar:

www.semmanualdeinstrucao.blogmais.com

Espero você mais,
Beijus,
-----;@

Agora há espaço pra coments, ok?(rsrsrsr)

Giulia disse...

eiii!!!
n sabia q vc escrevia tão bem! parabéns gostei do blog!!!
bjussssss

Lidia Leão disse...

Jorge
Que poema lindo... e triste, não?
Impossivel não se identificar!
Adorei seu blog, vou comentar todas as suas poesias, viu?
Bj

Molly disse...

Devo concordar com todas...palavras bonitas, cheias de emoções, sentimentos profundos...
Vazio, ficar sozinha (o)
Qua já nada encontro...
só lembranças...esperanzas..
talvez....me sinto perdida...

Lilian Mello disse...

o Amor
e a União
entre todos os seres ainda
e novamente será possível;

Para isso bastará ao menos:

o 1º passo: Acreditar;

o 2º Querer;

o 3º Fazer.

O esforço é inerente à todos.


Um abraço,

FELIZ DIA DO AMIGO!!!

Lilian Mello
------;@

Lilian Mello disse...

Olá,

Estou convidando você para participar do
Grupo Dividindo a Vida, no Google.


Dê uma olhada em nosso BLOG:
http://dividindo.a.vida.blog.uol.com.br


Suas mensagens são muito importantes para nós!!!

Faça sua inscrição aqui:
http://groups-beta.google.com/group/dividindoavida?


Um abraço

¤°.¸¸.·´¯`»LilianMello«´¯`·.¸¸.¤ http://andarcomasas.multiply.com/
http://www.flogao.com.br/lilianmello
http://andarcomasas.blog.uol.com.br
http://dividindo.a.vida.blog.uol.com.br/
http://spaces.msn.com/members/bylilianmello/
http://www.orkut.com/Profile.aspxuid=13834313881918156881

Anônimo disse...

Então posso espinafrar as coitadinhas das suas poesias???? kkk
Ah! Faça-me o favor!
Tá querendo elogio diga!
Deixa de ser modesto!
Sua poesia é linda, de uma sensibilidade incrível, vc é magnífico...Um Poeta! Acho que essa palavra resume tudo!
Um grande beijo
Voltarei aqui com certeza! rsrsr